sábado, 7 de novembro de 2009

Mais sobre gaiola de Faraday

Quando escrevi o post anterior, fui explicar para uma escrivã amiga que se tratava do mesmo efeito responsável pelo fato de não sermos atingidos por raios dentro de um carro, que funcionaria como uma "Gaiola de Faraday". Aí vieram duas perguntas: 1) Um envelope de papel alumínio poderia servir de Gaiola de Faraday? 2) Porque o celular funciona dentro do carro, que é uma "Gaiola de Faraday"?

1) Utilizando uma folha de papel alumínio comum (de embalar alimentos) e o meu celular fiz um teste. Depois, troquei por outro aparalho de outra marca. Ambos ficaram "fora de área". O site da Paraben diz que o envelope deles é eficiente para várias freqüências. Não foi possível testar a eficiência do alumínio na blindagem do celular, mas se mostrou que ele funciona e pode ser utilizado na ausência da "Faraday Bag" como uma alternativa à perícia tupiniquim com aquele bom e velho jeitinho brasileiro. Outras Gaiolas de Faraday que também bloquearam o sinal do celular foram microondas e panelas de ferro. Abaixo fotos do experimento com o papel alumínio. Uma recomendação técnica é que seja deixado o mínimo possível de fio (cabo USB para realização dos exames, por exemplo) para fora do envelope, evitando assim que o cabo sirva de antena para os sinais eletromagnéticos.



2) Uma das coisas mais gostosas de trabalhar na perícia é que você sempre conhece alguém que pode responder suas perguntas. Enviei essa pergunta por email pra um colega perito Doutor em Engenharia Elétrica, o Gustavo, e a resposta segue abaixo.

"Porque o carro não é uma gaiola perfeita, apenas para uma faixa de freqüências, ou para campo elétrico (lembre-se das janelas). Aliás, esse lance de gaiola de faraday é meio esquisito. São duas coisas diferentes: gaiola de faraday para campo elétrico e para sinais eletromagnéticos. No segundo caso, para se bloquear um sinal eletromagnético, uma das exigências é que eventuais furos não sejam maiores do que o comprimento de onda. No celular, este comprimento é de poucos centímetros, de modo que não precisa ser um alumínio todo fechado (e a janela do carro é suficiente pra passar). Dá uma lida no início de http://en.wikipedia.org/wiki/Faraday_cage"

3 comentários:

  1. Help i need somebody help!!!

    Meu nome é Marisa sou vítima de tortura por rádio frequência eletromagnética e preciso desesperadamente saber como construir uma gaiola de faraday em torno de uma cama para pelo menos poder dormir à noite sem ter que ouvir sons, ruídos e as vozes intracranianas dessas fachineiras terroristas que estão neste exato momento me torturando, ou uma maneira de bloquear o sinal no cérebro.

    marisanogueira123@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Remoto neural monitoramento por satélite terrorismo no Brasil

    Os cérebros dos brasileiros estão sendo conectados à satélites para fins de tortura e assassinato e o governo continua ignorando os fatos. Essa tecnologia por satélite é controlada por uma rede global de criminosos, esses elementos adentram o cérebro humano 24 hs a conexão pode vir de várias pessoas ao mesmo tempo, leitura do córtex visual através da interface cérebro computador. O crime organizado utiliza essa tecnologia no tráfico de drogas e a gente, para fraudar concursos públicos e vestibular ou simplesmente para torturar pessoas. A arma é perigosa através dela é possível inserir sons, imagens e outros barulhos na cabeça do alvo com auxílio de ondas acústicas, vibracionais, ,sonoras de rádio frequência eletromagnética com o uso de implante ou assinatura cerebral. Leiam mais v2k technology, synthetic telepathy, voice to skull technology, nano implant brain radar, , Psychotronic Weapons, mk ultra, gang stalking world, microwaves in remote neural monitoring.

    ResponderExcluir
  3. Organização criminosa no Sul do país utiliza dispositivo de envio de voz para o crânio humano para torturar pessoas, o equipamento permite a escuta e o monitoramento dos pensamentos e a transmissão de sons da fala para o cérebro da vítima. Os criminosos utilizam uma conexão através de micro - ondas invisível com os cérebros das pessoas, proporcionando o acompanhamento constante e vigilância silenciosa. Eles podem ouvir o que ouvimos, vemos e até mesmo ler nossos pensamentos, vigilância total de qualquer um, em qualquer lugar do país. Esta arma está sendo usado como instrumento de tortura não rastreável e arma não letal. Ao interagir com o cérebro, os operadores podem transmitir sons inexplicáveis, vozes, imagens, cheiros e gostos, e causar numerosas dores e sensações por todo o corpo. Estas incluem a sensação de corrente elétrica e as vibrações zumbido nos ouvidos sensação de clicks intracraniano. As vítimas são submetidas a privação do sono e intensa tortura física e psicológica em uma tentativa de empurrá los ao suicídio ou violência. Exausto desorientado e apenas tentando sobreviver a tortura, as vítimas são extremamente vulneráveis a qualquer coisa. Esse aparelho de perseguição organizada está sendo usado contra cidadãos brasileiros desde a década de 1980 e tem a capacidade de acompanhar, monitorar, assediar e ameaçar pessoas em todo o país. Seus números e enorme alcance sugerem o envolvimento do governo e de financiamento de ricos empresários possivelmente com o aparato de segurança interna com ligações com o crime organizado. Gang vigilância stalking é uma forma de terrorismo e é utilizado para reduzir a qualidade de vida de uma pessoa, assim o alvo poderá ter um colapso nervoso, tornar se encarcerado institucionalizado a experiência de dor mental emocional ou física constante, tornar sem teto ou cometer suicídio. Ele é feito usando acusações bem orquestradas, mentiras, rumores investigações falsas enquadramento intimidação ameaças abertas ou veladas vandalismo furto sabotagem e tortura humilhação terror emocional e assédio em geral,é um sistema criminoso destrutivo construído sobre o engano que existe para servir as intenções de alguns que estão conscientes de todo o horror que a vítima é obrigada a aguentar. Esse tipo de crime é realizado por sociedades secretas criminosas, como essa a que me refiro que está agindo no Sul do país utiliza dispositivo de envio de voz para o crânio humano para torturar suas vítimas.

    ResponderExcluir