quinta-feira, 8 de abril de 2010

Humor - Teste de vidro blindado

Eu já disse para alguns colegas que quando nos tornamos peritos criminais nosso humor muda. Tenho reparado nisso há algum tempo e essa mudança é fatídica. Há quem diga que o humor pericial é mórbido, desinteressante ao leigo e descompromissado com o riso. Isso pode ser verdade... mas não é uma verdade absoluta. E este post visa provar essa tese.

Há alguns dias recebi um e-mail cujo título era "emprego para sogras". Como anexo à mensagem, estava o seguinte vídeo:



Quando encaminhei tal e-mail a alguns colegas da área pericial, as respostas foram as mais variadas. Alguns simplesmente riram. Outros fizeram comentários que julgaram pertinentes, como "onde candidato minha sobra para tal oportunidade?" ou "só deixaria minha querida sogra aceitar tal emprego se o vidro fosse de blindagem nível 1 e o armamento de teste fosse calibre .50". Mas os melhores comentos foram:

"Pena que o atirador é bom. Ele não podia dar uma erradinha no alvo e acertar mais embaixo?"
"Puxa! O vidro é bom mesmo. Bem que poderia ser um pouco menos resistente."


5 comentários:

  1. hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

    ResponderExcluir
  2. Saiu hoje uma pérola no jornal O Dia (RJ):

    Perícia inspirada em modelo israelense

    (...)O plano prevê compra de equipamentos, como o caríssimo cromatógrafo já adquirido, que capta informações armazenadas e até mesmo apagadas em computadores e celulares.(...)

    ResponderExcluir
  3. Oh loco, Vinícius... isso daria até mesmo um post com tag de humor pericial.

    Esse talvez seja mais um dos problemas de um jornalista: escrever sobre tudo sem tudo ter estudado. Particularmente, ainda não conhecia essas funções de um cromatógrafo (rsrsrs).

    Saudações,

    ResponderExcluir
  4. Nossa! tem link pra isso? Seria um ótimo post nomeu blog, como "coisas fantasticas para fazer com seu cromatógrafo".
    Eu achava que a aplicação mais bizarra tinha sido estourar castanhas no forno do GC.

    ResponderExcluir
  5. Rsrsrsr... Fabiano, por será que eu tinha certeza que um comentário seu ia pairar neste post depois do comentado pelo Vinícius?

    Saudações,

    ResponderExcluir